Uma noite com o Rei!

Foto: Cristiane Rachid

Na noite da ultima quarta feira, eu e o maridão  Paulo (junto com mais dois casais de amigos muito queridos brasileiros) fomos a um show do rei Roberto Carlos em Querétaro. Foi uma noite especial, maravilhosa! Eu que não era tão fa assim, saí do show completamente apaixonada pelo rei. Ele é de uma luz, de um carisma e simplicidade que poucas estrelas conseguem ter e manter depois de doses altíssimas de sucesso e fama – talvez seja esse o motivo do sucesso ser algo crescente em sua vida mesmo depois de anos de estrada – além do talento e voz inigualável. Fui surpreendida em tudo nesse dia. Ao chegar, pegamos uma fila enorme para estacionar e ainda tomamos um banho de chuva, já que nesse dia Querétaro nos brindou com uma chuvona, mas que também teve seu lado bom. Na fila para troca das entradas para o show encontramos mais um casal de amigos muito queridos que moram aqui em Celaya, a Cris e o Carlos ( ela me cedeu algumas fotos e o vídeo também é dela! Obrigada Cris!) e também conheci um mexicano que não me lembro do seu nome mas que me relatou do seu amor pelo Rei. Disse que onde o Roberto estiver aqui pela América do Norte ele vai ver. Que já tem mais 800 músicas dele e em vários idiomas e que agora estava se planejando ir a um cruzeiro de 26 a 30 de janeiro de 2013 que Roberto cantará . O Roberto faz parte de uma minoria da artistas que conseguem ser imortalizados ainda em vida e a sua longa trajetória nos demosntra o quão valiosa é a sua obra. Por tudo isso e muito mais ele merce todo o nosso respeito e admiração.

Quem “abre” o show é ilustríssimo maestro Eduardo Lages, simplesmente emocionante! Seu talento é visto a quilômetros de distância!  Depois disso o Rei aparece e começa cantar “Emoções” em espanhol e a maioria do repertório é quase todo em espanhol.  Ele cantou uma música que eu particularmente não conhecia que se chama “El gato triste y azul” .  Ele comentou durante o show que já foi premiado em algum festival de mil novecentos e bolinhas que ele participou  cantando essa música que faz muito sucesso aqui no México, mas que ele não conseguiu fazer uma versão em português para a mesma porque ele nunca viu um gato que voa e que é azul… hehehe! Foi um dos momentos de descontração da noite – mas tiveram outros, ele também apresentou sua banda inteira e contou algumas histórias dos músicos, já que a maioria está com ele na estrada faz muito tempo. Também gostei quando ele junto com a banda cantou parabéns para um dos seus músicos e alguém de sua equipe de staff e ainda os abraçou com muito carinho.   Ai Meus Deus, que tietagem… Hehehe! :)

O show durou cerca de uma hora meia, mais ou menos e depois de se despedir (pela primeira vez) o público pediu que ele cantasse a última e ele com toda a sua simpatia voltou umas três vezes. Mas o show só chega ao final  se ele jogar as rosas para sua plateia não é? Nessa altura do show já estávamos todas de pé e muitos já haviam chegado à borda do palco para tentar a proeza de conseguir uma rosa, foi aí que eu, e as amigas Priscila e Ivânia fomos também tentar a sorte!  Saímos correndo e conseguimos chegar bem pertinho do Rei,  aproveitei esse momento para tirar algumas fotos dele, mas a rosa por pouco eu não consegui – quem teve essa sorte foi a Ivânia. (Tem foto dela com a rosa no final). E ainda, a nossa amiga brasileira Cris nos filmou vendo os show, olha o vídeo que legal!

Foi muito divertido! Eu achei o máximo! Vi o show de um dos maiores ícones da música brasileira e fiquei maravilhada ao ver como os mexicanos idolatram o Rei Roberto Carlos. Casa cheia e as músicas na ponta da língua de todos! Não é a toa que ele leva  o título de Rei e existe uma imensidão de pessoas apaixonadas por sua obra. Um tesouro que se eternizou e que encanta gerações e gerações! Roberto Carlos sem dúvida é o maior artista do Brasil e seu legado é eterno!

E você, também gosta do Rei? Qual é a sua música preferida?  Tem alguma história envolvendo o seu amor pelo rei que tenha marcado a sua vida? Compartilhe, conte-nos a sua história!

Até a próxima aventura!

* Os nomes e as fotos citadas no texto, foram autorizados pelos mesmos!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Maira Gardini, direto de Celaya, México.

Post de boas-vindas | Todos os posts | Perfil | Facebook

About these ads

2 responses to this post.

  1. Ah, a música original em italiano chama Un Gatto Nel Blu e ele cantou no festival de San Remo. Acho que era pra dizer que o gato está triste (parecido com o inglês) mas traduziram ao pé da letra, rsrsrsrs.
    Aqui em Buenos Aires o RC tb é muito famoso, e virou até gíria, quem quer ser muito popular é chamado de RC (que tem um milhão de amigos), kkkk.
    E eu tb ia escrever sobre um show que fui domingo passado, de um grupo americano que adoro, dos anos 70. Vamos ver o que sai :D
    Beijinhos.

    Resposta

    • Pois é, ele contou a história e disse q até tentou fazer uma versao para a música em português, mas que nao ficou boa!
      O RC é realmente um grande artista, aqui a popularidade dele é enorme!
      Vou esperar o seu post! Grande bjo Fer!

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: